Uma em cada seis mulheres já ouviu comentários de conotação sexual enquanto amamentava em público

Compartilhar:
image_pdfPDF

Pesquisa feita no Reino Unido revela que um quarto das mulheres entrevistadas foi incomodada por estranhos enquanto alimentava seu bebê em locais públicos

(O Globo/Celina | 06/08/2020 | Acesse a matéria no site de origem)

Uma em cada seis mulheres recebeu “atenção sexual indesejada” enquanto amamentava em público, de acordo com uma nova pesquisa feita no Reino Unido. O levantamento conduzido pela marca de produtos para bebês Tommee Tippee mostrou que mais de um quarto das mulheres (26%) entrevistadas disseram ter sido incomodadas por estranhos durante a amamentação. Além disso, 27% tiveram que ouvir de um estranho que deveriam “alimentar seu bebê em outro lugar” e uma em cada dez foi instruída a deixar o estabelecimento onde estava ou cobrir o corpo. Outros 8% disseram ter ouvido comentários de conotação sexual enquanto amamentavam.

As mulheres entrevistadas também disseram que esses julgamentos têm um impacto sobre o quão confiantes elas se sentem em relação à amamentação em público, com 37% dizendo que se sentem tão constrangidas em fazer isso que muitas vezes interrompem ou encurtam viagens e passeios para garantir que possam alimentar seus bebês em locais privados.

— Para a maioria das mães, as primeiras semanas são geralmente passadas em casa, enquanto a mãe e o bebê lidam com a amamentação. No entanto, chega um momento em que é hora de se aventurar no mundo e isso geralmente significa amamentar em público. Para qualquer nova mãe que se sinta nervosa com isso, lembre-se de que o importante é atender às necessidades de seu bebê — disse ao “Independent” a parteira sênior Louise Broadbridge.

— Uma das coisas mais valiosas que os futuros pais podem fazer na preparação para a amamentação é obter um conhecimento realmente sólido de como a amamentação funciona. Compreender como o volume de leite pode ser maximizado e os problemas de trava evitados farão toda a diferença na sua jornada de amamentação — afirmou Nicola Wallace, porta-voz de Tommee Tippee, acrescentando que a pesquisa revelou quanto tabu as pessoas ainda atribuem à amamentação.

— Esta pesquisa revela quanto estigma ainda existe em relação à amamentação no Reino Unido.

A decisão de amamentar é muito pessoal e também suscetível de atrair opiniões de amigos e familiares. Mas você e seu bebê são únicos, por isso, confie nos seus instintos e faça o que é certo para os dois — acrescentou.O mês de agosto, chamado de “Agosto Dourado”, é dedicado à intensificação das ações de promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno. As ações se concentram na Semana Mundial do Aleitamento Materno (SMAM), comemorada entre os dias 1 e 7 de agosto, e que, neste ano, faz referência à importância da amamentação para um planeta mais saudável.

 

Compartilhar: