Escola: educação para meninas e mulheres pode aumentar o PIB de países como o Brasil em até 10%

87
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

Cada dólar investido na educação e nos direitos das meninas pode gerar US$2,80 em retorno, o que equivale a bilhões de dólares a mais no PIB, de acordo com a pesquisa realizada pela organização Plan International e o grupo financeiro Citi

(Celina/O Globo | 28/10/2020 | Thomson Reuters Foundation)

Garantir que jovens mulheres terminem o ensino médio até 2030 pode aumentar o produto interno bruto (PIB) dos países em desenvolvimento em cerca de 10% na próxima década. Essa é a conclusão de um estudo divulgado na terça (27). Cada dólar investido na educação e nos direitos das meninas pode gerar US$2,80 em retorno, o que equivale a bilhões de dólares a mais no PIB, de acordo com a pesquisa realizada pela organização Plan International e o grupo financeiro Citi.

“Os planos de recuperação da Covid-19 que prorizem o investimento na educação e no bem-estar das meninas ajudarão as comunidades e economias a se reconstruirem melhor e mais fortes”, afirmou Anne-Birgitte Albrectsen, CEO da Plan International.

Acesse a matéria completa no site de origem.

 

Compartilhar: