Mulheres relatam assédio no transporte público: “Gritei e ninguém fez nada”

139
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(Universa/Uol | 27/07/2020 | Por Roseane Santos)

No início de julho, Larissa Almeida, 21 anos, sofreu assédio sexual dentro de um vagão de trem no Rio de Janeiro. Além de fazer um boletim de ocorrência na 63ª Delegacia de Polícia de Japeri para denunciar o caso de importunação sexual, ela usou o celular para gravar imagens do rapaz, que se masturbou na frente dela, e divulgou vídeos sobre o ocorrido em suas redes sociais.No Facebook, a esposa do homem disse que ele é inocente: “Ele foi acusado de assédio no trem por uma maluca, já é a segunda vez que acontece isso”.

Acesse a matéria completa no site de origem.

Compartilhar: