Instituto Patrícia Galvão entre os finalistas do prêmio de tecnologia e igualdade de gênero da ONU

2773
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(Agência Patrícia Galvão, 14/10/2014) O Instituto Patrícia Galvão foi eleito um dos cinco finalistas na categoria de uso da tecnologia para o empoderamento social e político das mulheres do prêmio GEM TECH Awards, lançado neste ano por duas agências das Nações Unidas – ONU Mulheres e União Internacional de Telecomunicações (UIT).

O objetivo do prêmio é reconhecer contribuições que incentivem o uso das tecnologias de informação e comunicação (TICs) na promoção da igualdade de gênero. De acordo com a organização, a edição de 2014 do GEM TECH Awards recebeu mais de 360 inscrições de pessoas e organizações de mais de 70 países, cobrindo uma vasta gama de iniciativas e atores engajados no uso das TICs para promover os direitos das mulheres. Deste universo, foram escolhidos cinco finalistas nas sete categorias previstas na premiação.

Campanha #igualdadeemcasa e pesquisa ‘Trabalho remunerado e trabalho doméstico: uma tensão permanente’

O Instituto Patrícia Galvão conquistou, assim, o reconhecimento como uma das cinco melhores contribuições globais na categoria de uso da tecnologia para o empoderamento social e político das mulheres conectado com o desenvolvimento sustentável (em inglês “ICT Applications, Content, Production Capacities and Skills for Women’s Social, Political Empowerment and Women’s Empowerment Linkages with Sustainable Development”).

Os ganhadores de cada categoria serão anunciados no dia 28 de outubro.

Comunicação digital do Instituto Patrícia Galvão

O Instituto Patrícia Galvão é uma organização social sem fins lucrativos fundada em 2001 e a primeira a atuar no campo do direito à comunicação e dos direitos das mulheres no país.

Para o Instituto, a mídia é um espaço estratégico de incidência social e política para qualificar os debates sobre políticas públicas voltadas à promoção da igualdade e equidade de gênero. A internet, por sua vez, além de ser a principal ferramenta de busca de conteúdo de suporte editorial nas redações, é o cenário de trocas multidirecionais, ampliadas pelas redes digitais, sendo uma poderosa ferramenta para a disseminação dos debates necessários à promoção da igualdade de gênero.

A Agência Patrícia Galvão é uma iniciativa do Instituto Patrícia Galvão, criada em 2009 para atuar na produção de notícias e conteúdos sobre os direitos das mulheres brasileiras.

(Para acompanhar, cadastre-se para receber nosso informativo eletrônico ou siga a página da Agência Patrícia Galvão no Facebook e no Twitter.)

Campanha pela equidade de gênero no trabalho doméstico e remunerado

enquete pesquisa trabalhoO não reconhecimento e o não compartilhamento das tarefas de manutenção da casa e cuidados com familiares têm perpetuado uma divisão do trabalho que sobrecarrega as mulheres – prejudicando o seu desenvolvimento social, econômico e cultural, bem como o seu acesso ao mercado de trabalho, a serviços, a lazer e a outros direitos.

Buscando estimular a reflexão entre os usuários da web sobre a divisão desigual do trabalho doméstico e o peso da sobrecarga imposta às mulheres no seu dia a dia, em março de 2014 o Instituto Patrícia Galvão lançou duas ferramentas, com o apoio da consultoria especializada em comunicação digital Alma Beta:

– Uma plataforma online reúne e disponibiliza de modo interativo os achados da pesquisa “Pesquisa Trabalho remunerado e trabalho doméstico – uma tensão permanente (2013)”, estudo realizado em 2012 pelo Instituto Data Popular, SOS Corpo e Instituto Patrícia Galvão, que mensurou a percepção das mulheres de que a maior participação no trabalho remunerado não foi acompanhada de mudanças na divisão do trabalho doméstico, nem na oferta de políticas públicas;

Outra ferramenta online convida os participantes a responderem uma rápida enquete e descobrir como está sua participação na divisão das tarefas cotidianas.

inforgrafico para rede social 3No âmbito dessa ação foi produzido também um conjunto de infográficos que foram compartilhados na plataforma Facebook da Agência Patrícia Galvão por cerca de um mês, com os principais achados da pesquisa e que remetem aos dois websites citados.

Buscando, além da sensibilização, estimular também o aprofundamento deste debate, o Instituto lançou o livro “Trabalho remunerado e trabalho doméstico no cotidiano das mulheres”, publicação que reúne artigos de especialistas avaliando os resultados.

Todos os conteúdos estão disponíveis para acesso na Agência Patrícia Galvão, cujo termo de uso permite a livre reprodução dos conteúdos, desde que citada a fonte/autoria. Em breve, o Instituto publicará também um guia facilitador para o uso da comunicação digital em campanhas pelos direitos das mulheres, elaborado a partir da sistematização, realizada pelas especialistas em comunicação, novas tecnologias e questões de gênero Graciela Natansohn e Beatriz Ribas,  da campanha pela equidade de gênero no trabalho doméstico e remunerado.

Compartilhar: