ES OuVe #58 – Aborto: dos casos previstos em lei à criminalização e culpabilização da mulher

Compartilhar:
image_pdfPDF

(ESHoje | 26/04/2021 | Matheus Passos)

Falar de aborto nem sempre é fácil. O tema, por envolver questões morais, científicas, éticas e religiosas, se torna delicado e, muitas vezes, motivos de discussões e controvérsias.

Por outro lado, e ao mesmo tempo, falar de aborto é, também, falar de saúde pública. Até junho de 2020, ao menos 642 meninas de dez a 14 anos foram internadas no SUS (Sistema Único de Saúde) para fazer um aborto, seja por decisão médica ou legal ou por complicações na gravidez.

Um ano antes, em 2019, foram internadas em média, por dia, em decorrência de aborto, cinco crianças de até 14 anos, segundo dados do Ministério da Saúde. Dez anos atrás, a média era o dobro disso.

No episódio #58 do ESOuVe convidamos a integrante do movimento feminista, que atua no Brasil desde 1993. Católicas Pelo Direito de Decidir, Rosângela Talib, para tratar sobre o aborto e os casos previstos em lei. Também na pauta, o incentivo à vítimas de violência sexual e não abordarem os riscos de suspender um aborto por estupro, a criminalização e culpabilização da mulher, e a descriminalização do aborto. É possível ouvir o episódio clicando abaixo.

Compartilhar: