Maior encontro global sobre saúde de mulheres e meninas começa esta 2ª feira

553
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(Rádio ONU, 16/05/2016) Conferência Women Deliver aborda também direitos e bem-estar e será uma das maiores reuniões internacionais desde a adoção dos ODS; responsável pela comunicação da iniciativa da ONU “Cada Mulher, Cada Criança”, Etienne França, falou à Rádio ONU sobre importância do encontro.

Começa nesta segunda-feira, em Copenhague, a Conferência Women Deliver. Este será o maior encontro internacional sobre saúde e direitos de meninas e mulheres da última década e uma das maiores conferências globais após a adoção dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, ODS.

Antes de viajar para a capital dinamarquesa, a responsável pela comunicação da iniciativa “Cada Mulher, Cada Criança”, Etienne França, falou à Rádio ONU sobre a importância do encontro.

Direitos e Bem-Estar

“É uma conferência que já está na sua quarta edição. Ela traz parceiros, profissionais do mundo inteiro que atuam na área, não apenas saúde, mas também direitos e bem-estar de mulheres e crianças em todos os países. E por ser esse fórum global de discussão é muito importante que nós também discutamos como que nós podemos implementar a estratégia para saúde de mulheres, crianças e adolescentes nos próximos 15 anos, em apoio à implementação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.”

A expectativa é de que entre 5 mil e 6 mil pessoas participem do evento, entre autoridades mundiais, ativistas, jornalistas, jovens, pesquisadores e representantes do setor privado e da sociedade civil.

A conferência acontecerá até 19 de maio e se concentrará em áreas como saúde materna, sexual e reprodutiva, igualdade de gênero e autonomia econômica no contexto da adoção dos ODS.

A iniciativa “Cada Mulher, Cada Criança” foi lançada pelo secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, em 2010. O movimento coloca em ação a Estratégia Global para Saúde de Crianças, Mulheres e Adolescentes, que foi atualizada no ano passado.

Laura Gelbert

Acesse no site de origem: Maior encontro global sobre saúde de mulheres e meninas começa esta 2ª feira (Rádio ONU, 16/05/2016)

Compartilhar: