Nilma Lino vai acumular comando de Direitos Humanos e Mulheres

2623
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(G1/Política, 02/10/2015) Primeira negra a presidir universidade federal, ministra não é filiada a partido

Nomeada pela presidente Dilma Rousseff para ocupar o novo Ministério que unirá a Secretaria de Política de Promoção da Igualdade Racial, a Secretaria de Direitos Humanos, e a Secretaria de Políticas para as Mulheres, Nilma Lino Gomes foi a primeira mulher negra a assumir a reitoria de uma universidade federal no país. A ministra, que já chefiava a pasta da Igualdade Racial, não é filiada a nenhum partido.

Leia também:
Dilma anuncia reforma com redução de 39 para 31 ministérios (G1/Política, 02/10/2015)

Em abril de 2013, Nilma foi empossada reitora da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab), com sede em Redenção (CE).

Nilma é pedagoga, graduada pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), onde também fez o mestrado em educação. Ela tem doutorado em ciências sociais pela Universidade de São Paulo e pós-doutorado, em sociologia, pela Universidade de Coimbra (Portugal).

Entre 2004 e 2006, presidiu a Associação Brasileira de Pesquisadores Negros (ABPN) e desde 2010 integrou a Câmara de Educação Básica do Conselho Nacional de Educação, onde participou da comissão técnica nacional de diversidade para assuntos relacionados à educação dos afro-brasileiros.

Nilma Gomes substituiu, no início deste ano, a socióloga Luiza Helena de Bairros na Secretaria de Política de Promoção da Igualdade Racial.

Acesse no site de origem:  Nilma Lino vai acumular comando de Direitos Humanos e Mulheres

Compartilhar: