13/11/2011 – ‘Consegui respeito no arco e flecha’, diz a primeira cacique brasileira

428
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

creuzaumutina_ruifaquini(iG) O prestígio no arco e flecha levou Creuza Umutina para o posto mais alto do pódio dos Jogos Indígenas e também a fez entrar na história das conquistas femininas. Em 2004, graças à fama conquistada no esporte, Creuza foi eleita – por voto popular – a primeira cacique mulher do Brasil.

Em 2008, aos 42 de idade, foi reeleita. E em novembro de 2011 é candidata fortíssima ao terceiro mandato, aos 47 anos. 

Assim como os homens brancos, negros e amarelos, os índios também padecem do crescimento importante da obesidade, da dificuldade no acesso à educação e da devastação provocada pelo consumo abusivo de álcool. Todos estes problemas servem de diretrizes para a cacique Creuza. Em seu povoado de cerca de 500 pessoas, ela traçou um plano de ação que incluiu escola, centro de saúde, programas para a dependência química, internet e também antenas de televisão.

Sobre a conexão dos 30 computadores à internet e às antenas de TV instaladas nas casas, Creuza fala que podem ajudar a mulher a buscar informação e autonomia, dois critérios fundamentais, avalia ela, para ter dado uma guinada na sua vida. 

Leia a reportagem completa: “Consegui respeito no arco e flecha” (iG – 13/11/2011)

Compartilhar: