Feminicídio: vidas em risco na América Latina

1328
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(UOL, 03/06/2015) Os assassinatos de mulheres na América Latina estimularam leis para evitá-los, mas o número de crimes de gênero continua alto. Além disso, as estatísticas oficiais são rarefeitas, contabilizadas sem rigor, e os sistemas judiciários costumam ser lentos quando o acusado é homem. O tema está na ordem do dia na Argentina, devido a uma série de feminicídios recentes no país e, nesta quarta-feira, a sociedade vai às ruas na manifestação “Ni una menos”.

Leia mais:
Argentina se mobiliza pela primeira vez contra assassinatos machistas
Combate à violência de gênero avança na América Latina (Terra – 05/06/2015)

Colômbia e Argentina seguem exemplo do Brasil na luta contra o feminicídio (Sputnik News – 03/06/2015)

Acesse a íntegra no Portal Compromisso e Atitude: Feminicídio: vidas em risco na América Latina (UOL, 03/06/2015)

Compartilhar: